Cão que morreu após ser resgatado das ruas deixa lição de amor

Um cachorro que vive nas ruas, chamado Ol Boy, foi visto abandonado e doente nas ruas da Cingapura por uma pessoa que pediu ajuda à ONG “Save Our Street Dogs”. Esta é a história de um cachorro com poucos dias de vida e com um último desejo, que era de ser amado antes de morrer, como contada no vídeo feito pela ONG.

“Ol Boy nasceu nas ruas da Cingapura, e nunca soube o que era um lar. Ele passou sua vida tomando água suja e comendo restos de comida que as pessoas do comércio davam a ele.

Ele foi encontrado machucado e sem poder se mover. Ol Boy chorou de dor sozinho por 3 dias, e permanceu deitado em seu próprio excremento enquanto chorava de dor. O cachorrinho fedia a rato morto quando foi encontrado. Ele tinha carrapatos e machucados pelo corpo todo.

Após um exame, o veterinário encontrou todos os tipos de doença. Febre por carrapato, infecções, atrofia e um possível câncer. Ele não podia andar provavelmente devido à atrofia e fraqueza. Os dentes de Ol Boy estavam em péssimo estado, e ele apresentava anemia. Centeas de carrapatos foram removidos.

O tratamento para a febre e anemia foram iniciados com transfusão de sangue. Mas Ol Boy tinha algo à dizer: “Eu estou morrendo, e não tenho muito tempo de vida.”

Ele estava com muito desconforto por causa da dor, mas não queria ser eutanasiado. Ele queria morrer naturalmente, e se possível, dentro de um lar quentinho. Ele queria sentir o amor e carinho de um lar pela primeira vez. Então seu desejo foi concedido, e ele foi levado para a casa de um dos voluntários da ONG.

Ol Boy estava com muita sede mas não conseguia se levantar. Ele tomava água com ajuda de uma seringa. Os voluntários ficaram o tempo todo ao seu lado, o acariciando quando ele chorava de dor. Era só isso que Ol Boy queria, compania e ser amado.

Os voluntários e seus dois cachorros ficaram ao lado de Ol Boy.

Às duas horas da manhã, Ol Boy se sentou, e bebeu água pela última vez….

Às quatro horas da manhã, Ol Boy morreu em paz.

Ol Boy tinha um último pedido que era ser cremado, e ter suas cinzas espalhadas em um campo.

Um ritual foi feito, e pétalas de rosa foram espalhadas em seu corpo antes da cremação.

As cinzas foram espalhadas em uma praia, onde seu espírito agora corre livre…”

Os animais não querem fama e fortuna, só querem ser amados e compreendidos. Eles querem viver suas vidas com dignidade, e morrer naturalmente. Que a história de Ol Boy nos sirva de lição sobre como é possível ajudar um animal abandonado, e lhe dar uma chance de saber o que é o amor.

Fonte: http://www.anda.jor.br/26/08/2012/cao-que-morreu-apos-ser-resgatado-das-ruas-deixa-licao-de-amor

One comment on “Cão que morreu após ser resgatado das ruas deixa lição de amor

  1. Lendo a história deste cachorrinho eu fico pensando: quantos pela rua na mesma situação não encontram ninguem para ajudar nos seus ultimos momentos.
    Ajudar um animal de rua é conquistar um voto ao lado de Deus, pois eles foram criados para nos dar amor, carinho sem nada pedir em troca.
    Diferente do ser humano que na sua maioria não faz nada sem vizar algum interesse.
    Amo os animais, pois tenho 5 cachorrinhos e uma gatinha. Eles são seres especiais que me dão amor incondicional.
    Já ajudei muitos cachorrinhos e gatinhos a conseguirem um lar e com certeza quando me aposentar, trabalharei em prol destes seres iluminados.
    Descanse ao lado de São Francisco de Assis, Boy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

HTML tags are not allowed.