Apresentação

A pós-graduação stricto sensu em Ciência Política da UFMG é a mais antiga do país, tendo iniciado suas atividades em 1966, com a criação do curso de mestrado. Plenamente consolidado e considerado como de excelência pela Capes, o Programa de Pós-graduação em Ciência Política (PPGCP) tem dado importante contribuição para a produção científica na disciplina, destacando-se por sua inserção em redes internacionais, pela pluralidade de grupos de pesquisa e pela sua centralidade nos debates da ciência política brasileira.

Fazem parte dessa história de cinco décadas, alguns dos principais quadros da ciência política do país, tendo tido o Programa um papel de liderança na construção do próprio campo de conhecimento em que se insere. Atualmente, o corpo docente do PPGCP conta com 16 professores permanentes e 05 professores colaboradores. Com forte atuação de pesquisa, esse corpo docente é responsável por 13 diferentes núcleos de pesquisa, que têm demonstrado uma trajetória ascendente na qualidade da sua produção científica.

Entre 1966 e 2015, o Programa formou 349 mestres em Ciência Política. O número de doutores formados entre 2006 e 2015 é de 58.