XV ENCONTRO DE PESQUISA EM FILOSOFIA DA UFMG

A imagem pode conter: texto

O Encontro de Pesquisa em Filosofia da UFMG oferece espaço para jovens pesquisadores de diversas universidades do país. Nesta 15ª edição temos como base os temas: Educação e Liberdade.

O evento acontece nos dias 25, 26 e 27 de Outubro, contando com comunicações dos trabalhos submetidos, palestras e mesas compostas por professores e professoras.

PROGRAMAÇÃO:

DIA 25 DE OUTUBRO

[9:00-11:00]

1ª comunicação – Auditório Prof. Bicalho:
– Uma interpretação do espaço público universitário à luz do pensamento de Hannah Arendt (Angélica Santos da Costa);
– Reflexões acerca do uso de animais vivos no ensino (Hebert Straehl);
– A judia simpatizante pela causa dos negros: uma análise arendtiana (Jessica Tatiane Felizardo);
– Ensino de Filosofia e formação docente (Maisa Fidelis Farrapo).

2ª comunicação – Auditório Prof. Baesse:
– O conceito de liberdade nas duas primeiras críticas de Kant (Fagner Batalha Concolato);
– Kant e o não conceitualismo: alguns argumentos e suas possibilidades (Maria Carolina Mendonça de Resende);
– Psicologia e ciência dos afetos: contextos, conexões e contribuições da teoria dos afetos de Benedictus Spinoza para a clínica e saúde mental na contemporaneidade (Victor Santos Figueiredo).

[11:45 – 12:45]

Palestra de abertura: Democracia, Liberdade e Diversidade, com José Luiz Quadros de Magalhães (PUC-MG) – Auditório Prof. Bicalho.

[14:00-16:00]

3ª comunicação – Auditório Prof. Bicalho:
– A noção de flow e as implicações da tecnologia na capacidade de alcançá-lo (Adam Chien Kirst);
– Os impactos socioeconômicos da Inteligência Artificial (Antônio Bahury Lanna);
– Inteligência Artificial e Governança Algorítmica (Carlos Henrique Barth);
– Conceitualismo e Lida Absorvida: O Debate entre McDowell e Dreyfus (Daniel Mendes Campos Xavier Debarry).

4ª comunicação – Auditório Prof. Baesse:
– A exortação ao filosofar na Carta a Meneceu (Filipe Bacelar);
– A educação como instrumento de libertação: um paralelo entre a teoria pedagógica de Paulo Freire e a filosofia platônica (Gabriela Emanuele de Resende; Nathália Siqueira de Paula);
– Sábio, Sabedoria e Coisa Sábia na obra “Vidas e Doutrinas dos Filósofos Ilustres” de Diógenes Laércio (Letícia Ferruzzi Sacchetin);
– A arché de Marx (Ramon de Carvalho Mazzini).

[16:00-17:30]

5ª comunicação – Prof. Auditório Baesse:
– Presciência divina e livre-arbítrio (Cristiano Dutra Batista);
– Hábito e liberdade em Agostinho (Daniel Rodrigues Costa);
– Considerações iniciais acerca da possibilidade de um paradoxo entre Livre-arbítrio e Predestinação em Santo Agostinho (Mauro Luiz do Nascimento Júnior).

[17:30-18:30]

Palestra: Experiências de infância e as possibilidades do brincar na metrópole, com José Alfredo Oliveira Debortoli (EEFFTO/UFMG) – Auditório Prof. Bicalho.

DIA 26 DE OUTUBRO

[9:00-11:00]

6ª comunicação – Auditório Prof. Bicalho:
– O documentário brasileiro contemporâneo lança luzes sobre o problema da representação na estética de Merleau-Ponty (Danilo Marcos Azevedo Vilaça);
– O anti-representacionismo de René Magritte segundo Michel Foucault (Emerson Farias);
– Violência simbólica: a desconstrução da política pública das linguagens artísticas, seu ensino e estéticas (Marcos da Silva Sales);
– Artistas sob censura: é possível fazer arte sem liberdade? (Regina Sanches Xavier; Vitor Cei).

7ª comunicação – Auditório Prof. Baesse:
– A relação entre as massas e os governos totalitários na perspectiva de Hannah Arendt (Caio Luiz Carvalho Penha);
– A relação verdade e mentira na política na obra de Hannah Arendt (Geraldo Adriano Emery Pereira);
– A responsabilidade pelo mundo: um diálogo entre Hans Jonas e Hannah Arendt (João Batista Farias Junior);
– As reflexões maquiavelianas sobre a ação e fundação à luz do pensamento de Hannah Arendt (Rafael Santos da Silva).

[11:30-12:30]

Palestra: Ensino de filosofia e resistência, com Renata Aspis (FAE/UFMG) – Auditório Prof. Bicalho.

[14:00-16:00]

8ª comunicação – Auditório Prof. Bicalho:
– O olhar de Jean-Paul Sartre acerca da liberdade: a condenação do homem (Anne Caroline Souza Pinto);
– A ação na educação: um conceito Sartriano (Antonio Martins Oliveira);
– Salvaguardando-se: o uso do ato criativo da imaginação (Helton Lucas Romualdo);
– O estatuto do corpo na obra de Sartre (Veronica de Souza Campos).

[16:00-17:30]

9ª comunicação – Auditório Prof. Baesse:
– A falácia do nascer livre (Eduardo Dolabela Chagas);
– Liberdade e Educação na Formação da Literatura Brasileira – Um tributo à Antônio Candido (João Vitor Carlos Gomes Rocha);
– O espírito livre na III Extemporânea: o educador versus o erudito em Nietzsche (Pamela Cristina de Gois).

27 DE OUTUBRO

[9:00-11:00]

10ª comunicação – Auditório Prof. Bicalho:
– A força do sonho (Davi Cecílio Moura Abreu);
– O Compatibilismo de milagre local lewisiano e seus problemas (Mateus Leite);
– É possível deixar de fazer filosofia, mesmo quando se é um cientista? (Samuel Maia).

11ª comunicação – Auditório Prof. Baesse:
– A relação entre a alienação do mundo e a dissolução do espaço da aparência no pensamento de Hannah Arendt (Ana Lúcia Feliciano);
– A concepção de natalidade e ação em Hannah Arendt à luz do pensamento feminista (Caroline Domingues Silva da Costa);
– Sobre o sentido da liberdade e o animal laborans na perspectiva de Hannah Arendt (Lúcia Helena da Silva);
– Sobre Direitos Humanos: reflexões à luz do pensamento de Hannah Arendt.

[11:30-12:30]

Mesa 2: Racismo no ambiente de ensino, com Lívia Teodoro (História – UFMG) e Elânia de Oliveira (Vice-diretora do Centro Pedagógico da UFMG) – Auditório Prof. Bicalho.

[14:00-17:00]

Lançamento do livro Filosofia no Brasil: Legados e Perspectivas, de Ivan Domingues, com mesa composta pelo próprio Ivan Domingues (UFMG), Eduardo Soares Neves Silva (UFMG) e Carlos Drawin (FAJE) – Auditório Prof. Baesse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.