Apresentação

Pioneiro em Belo Horizonte, o curso de graduação em Jornalismo da UFMG foi criado no final de 1961 por uma comissão formada por professores da então Universidade de Minas Gerais (UMG) e representantes do Sindicato dos Jornalistas.

Prestes a completar 6 décadas, oferece 60 vagas anuais, sendo 40 para o 1º semestre (noite) e 20 para o 2º semestre (manhã). A carga horária total é de 3.000 horas (200 créditos), com duração padrão de 8 semestres (diurno) e 9 semestres (noturno).

O curso de Jornalismo valoriza a reflexão em torno da área da Comunicação Social e busca formar profissionais capazes de dominar o processo de construção da informação jornalística, da pesquisa e da reportagem; adotar critérios de noticiabilidade conforme públicos e mídias; praticar a pesquisa jornalística e suas transformações; avaliar as implicações éticas e epistemológicas do processo jornalístico de construção da realidade; compreender as relações entre processo jornalístico, vida social, mídias e linguagens.

Nos períodos iniciais, o estudante tem contato com disciplinas introdutórias e, a partir do terceiro período, além das disciplinas de seu percurso, pode transitar pelas de outros cursos da área de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda e Relações Públicas – e outros campos de conhecimento.

Unidade: FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS
Modalidade: Bacharelado presencial

Duração (semestre):
Padrão: 8 (diurno) / 9 (noturno)
Máxima: 14 (diurno) / 15 (noturno)

Carga horária (horas):
Disciplinas Obrigatórias: 1950
Optativa: 750
Estágio Obrigatório: 240
Formação Livre: 60

Total: 3000

Formação complementar aberta:  240